Espaço Naturológico | Terapêutico | Preventivo

Aromaterapia: Óleo essencial e essência


Por Márcia Watanabe Hitaka

Vamos as compras! Em primeiro lugar, você sabe a diferença entre um óleo essencial e uma essência?

Os óleos essenciais são substâncias complexas, extraidos de folhas, flores, talos, caules, haste, pecíolo, casca ou raízes de plantas, constituídos por centenas de substâncias químicas, como álcoois, aldeídos, ésteres, fenóis e hidrocarbonetos. Essa constituição faz que sua ação no organismo tenha atuação terapêutica: fisiológicas (estimulante e/ou sedativo), farmacológicas (antifungicida, antiséptico) e psicológicas (força, insegurança, medos).

Um dos fatores que determina o preço de um óleo essencial, é a facilidade ou não de sua extração e qual o rendimento desta extração. Vamos a alguns exemplos: Tomilho, 400 kg produzem 1 kg de óleo essencial. Jasmim, são necessárias 2.000 unidades para obter 1 kg. Lavanda, 100 kg. Alecrim, 50 a 75 kg. Limão, 100 a 150 kg de cascas. Rosa marroquina, aproximadamente, 6.000 kg de pétalas para extrair 1 kg de óleo.

Já as essências, são produtos sintéticos, fabricados para imitar um óleo essencial, sem ação terapêutica no organismo. Sua função fica restrita a perfumar o ambiente.

Portanto, atenção. Pergunte-se qual é a sua intenção. Dar somente um cheirinho na casa? Esterilizar o ambiente? Acalmar os ânimos?

Sobre as compras, o que deve  ser observado, algumas dicas: atenção para o frasco, ele deve ser de cor âmbar. Na etiqueta, deve constar o nome cientifico, ex., Lavanda (Lavandula angustifólia e/ou officinalis). Verificar a data de validade.

No nosso dia-a-dia, podemos utiliza-lo de várias formas:

No aromatizador,  2 a 4 gotas, observar as medidas do ambiente.

Para massagens corporais, diluir em creme neutro (sem perfume) ou no óleo vegetal, na porcentagem de 0,5%

Banhos de imersão: 5 a 7 gotas, diluídas em álcool de cereais, mel, leite integral, iogurte ou óleo vegetal.

Com exceção da Lavanda e do Tea tree, os demais óleos essenciais devem sempre ser diluídos em um carreador: óleo vegetal, leite integral, creme. Não aplica-los diretamente na pele, pois devido a sua concentração, pode irritar ou manchar a pele.

Devido à amplitude de efeitos no organismo humano, bem como a abrangência de possibilidades de tratamento, a aromaterapia é muito mais do que uma simples terapia dos cheirinhos.

Há uma lista de cuidados que envolvem idosos, crianças, grávidas, lactantes,hipertensos. Convém consultar um aromaterapeuta e/ou naturólogo, para as devidas orientações quanto a escolha do óleo essencial, seu uso e posologia.

 

Para mais informações, veja post, Aromaterapia: Fragrâncias no ar.

 

Márcia Watanabe Hitaka é naturóloga. Para conhecê-la um pouco mais, acesse: Profissionais.

 

(Crédito da imagem: downloads.open4group.com)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s