Espaço Naturológico | Terapêutico | Preventivo

Óleo essencial Patchouli: Visão Xamânica, Ayurvédica e MTC

 

Por Fernanda Bonemann

 

Para saber um pouco mais sobre óleos essenciais, vejam os posts:Fragrâncias no ar, Óleo essencial e essência.

 

 

Xamanismo

Um dos aspectos sutis do óleo essencial de Patchouli (Pogostemum cablim), é a questão dos limites, saber quando dizer “sim” e quando dizer “não”.

No xamanismo, o Caminho do Guerreiro se refere ao poder pessoal, assim, é possivel relacionar este óleo ao tema: limites.

Todos os limites e determinações que podemos colocar, são revelados por essas duas palavras: Sim e Não.

Muitas vezes dizemos “sim” quando queremos dizer “não” e dizemos “não” quando na verdade queremos dizer “sim”. Isso nos leva a questionamentos, sobre o que estamos dispostos a fazer realmente.

Inicialmente, faz-se necessário entender a diferença entre “sim” e “não”, depois, determinação, uma forma correta e clara de comunicação para a efetiva liderança.

Segundo Marimon (2011):

“[…] O caminho do líder exige que respeitamos nossos limites e determinações, assim como os limites e determinações dos outros, de modo a nos tornarmos negociadores flexíveis por sabermos apropriadamente dizer ‘não, isso é um limite’, e ‘sim, isso é algo que estou disposto a fazer’”.

O principio do guerreiro é justamente mostrar-se e optar por estar presente e esta presença significa a recuperação do poder. Ainda, segundo Marimon:

“[…] No caminho do empoderamento, devemos trilhar o caminho no qual optamos por ‘estar presentes’, trazendo à frente as quatro inteligências: mental, emocional, física e espiritual. […] O homem que apresenta o poder da liderança desenvolvida, demonstra honra e respeito por todas as coisas, faz uso da comunicação criteriosa, estabelece limites e determinações e é responsável e disciplinado.’

 

Medicina Tradicional Chinesa

O elemento Terra possui muitas particularidades com o óleo Patchouli, pois representa a matéria sólida que o espírito vivifica e pela qual se manifesta. O Patchouli traz como aspecto sutil, a consciência corporal, os limites e a sabedoria do corpo físico. Sobre o elemento Terra, Ross (2003) afirma que:

“[…] Se o espírito não estiver sedimentado adequadamente no corpo físico, o indivíduo pode se sentir desamparado e irreal, instável emocional e intelectualmente. Ou, então, quando as pessoas tentam negar o corpo físico, como ocorre na anorexia, prejudicam tanto a fisiologia como o fluxo de amor em suas vidas.”

O elemento Terra tem como representação, a mãe, que nutre o corpo físico, que cuida, protege e toma em seus braços o bebê, para que o mesmo se sinta seguro, tanto no aspecto físico como no emocional.

Esta capacidade de cuidar, de ser estável, agradável, carinhoso pode ser uma característica de Baço, que segundo Ross é:

“[…] Responsável pela assimilação de energia para o corpo e sua distribuição para todo o sistema. A nutrição, em nível físico, liga o centro do Baço com o centro Dan Tian e com os Rins, que armazenam a energia. A nutrição, no nível emocional, liga o centro do Baço com o centro do Coração e, no nível mental, liga os centros do Baço e os centros da Fonte.”

A principal função do Baço é a nutrição, tanto do corpo físico, quanto do emocional e mental.

 

A tabela abaixo mostra as desarmonias do Baço dos tipos Yin e Yang:

 

Desarmonia do tipo

Yin ou de Deficiência

Desarmonia do tipo

Yang ou Excesso

Mental

Nutrição intelectual precária

Excesso de estudo, congestionamento mental

Emocional

Insegurança, preocupações internalizadas

Solicitude excessiva pelos outros, com tendência a dominar ou invadir a privacidade dos outros

Física

Má nutrição, fraqueza

Excesso de alimentação, obesidade

 

A Terra é controlada pela Madeira e controla Água. Podendo-se dizer também que a raiva domina compaixão e a compaixão domina o medo.

O elemento Terra tem como principal função, a preocupação e o cuidado com os outros. Para Ross, “[…] a preocupação é um misto das emoções de insegurança e de solicitude com a hiperatividade mental do elemento Terra”.

 

Medicina Ayurvédica

Na medicina ayurvédica, a constituição que possui mais identificações com o óleo Patchouli é o Kapha. Primeiramente, pela constituição estar relacionada à tendência a obesidade, seu metabolismo é mais lento, retendo líquido.

Kapha tem a presença do elemento Água, o que faz com que a pessoa de Kapha “se molde” com facilidade. Por isso sofrem mais com o frio e umidade. Preferem o calor, luz, vento e o clima seco.

Pessoas de Kapha sofrem pela falta de ação e de disciplina, podendo surgir o medo de experimentar novos caminhos. São pessoas românticas, choram com facilidade, são sentimentais, emotivos, delicados, leais, amorosos. Como característica negativa, demonstram muito apego e desejo, podendo ser possessivos e gananciosos.

Pode ser associado ao 1º e 2º chakras. De acordo com Sharamon, o 1o chakra é:

“[…] O chakra da raiz liga-nos com o mundo físico. […] Também é associado ao elemento Terra, e sua cor é vermelho da energia e da atividade no núcleo mais interno do nosso planeta. Confere-nos a firmeza terrena e o ‘solo firme’ debaixo dos pés, sobre o qual podemos construir nossa vida, e supre-nos, ao mesmo tempo, com a energia necessária para uma atividade criativa no mundo. Além disso, proporciona-nos força de vontade e estabilidade.”

Nos 1o. e  2o. chakras, temos a  sexualidade como função física e como meio de procriação. Função fisiológica: excreção, reprodução e imunidade.  Questões emocionais e espirituais: ligação com a terra, medo e insegurança, instintos básicos de sobrevivência. Na questão de sobrevivência, é possível fazer associações com o aspecto de regulação da alimentação que o Patchouli traz.

O 1o chakra está relacionado à medula óssea, onde as células brancas/ vermelhas são produzidas. Um desequilíbrio aqui poderia acarretar anemias, deficiências imunológicas e perda de vitalidade.

“[…] Na teoria da medicina chinesa dos cinco elementos, acredita-se que o medo excessivo possa prejudicar o funcionamento dos rins (ligado ao terceiro chakra). Curiosamente, os rins têm uma relação hormonal (ainda que indireta) com os ossos e o sistema esquelético, cuja energia vital provém do chakra raiz. Os rins produzem um hormônio conhecido como eritropoetina que estimula as células precursoras da medula óssea a aumentar a produção dos glóbulos vermelhos. […] No próprio nível primário, os desequilíbrios do primeiro chakra tendem a ocorrer em pessoas que não estão ‘ligadas à Terra’ e que apresentam algum tipo de relacionamento inadequado com a própria Terra. Falta-lhes um sentido de ligação com a Terra e muitas vezes sentido que o mundo é um lugar ameaçador.”  (GERBER, 2000, p. 66-70)

Ainda segundo Gerber (2000), o nível de relacionamento do primeiro chakra é Tribal. Ou seja, regras e leis que devem ser mantidas. São os limites que a vida em sociedade pede. Os limites que o Patchouli trabalha.

No 2o. chakra temos: relação entre duas pessoas. A tentação para pessoas casadas de terem casos extraconjugais. Um teste para o seu código de ética pessoal. Outras questões que influenciam a atividade do 2o chakra têm relações com diferentes aspectos do poder e do controle sobre outras pessoas.  (GERBER, 2000, p 71).

 

 

REFERÊNCIAS

CHOPRA, D. Saúde perfeita. 10a. ed. São Paulo: Best Seller, 2001.

FRAWLEY, D. Uma visão Ayurvédica da mente. São Paulo: Pensamento, 2007.

ROSS, J. Combinações dos pontos de acupuntura. São Paulo: Roca, 2003.

GERBER, R. Um guia prático de medicina vibracional. SP: Cultrix, 2000.

MARIMON, R.G. Apostila da cadeira de Xamanismo – material não publicado – curso de Naturologia Aplicada – Unisul: 2011.

 

 

Fernanda Bonemann é psicoterapeuta. Graduanda em Naturologia Aplicada. Para conhecê-la um pouco mais, acesse Profissionais.

 

 

(Crédito da imagem: http://www.wikipedia.org/wiki/patchouli).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s